AS ROSAS DO TEMPO

Os homens largarão suas vinhas,
seus cafés e medos,
suas ventanias,
e guiados pelo pó das asas
tomadas das rosas
plantadas no exílio;
e tomados de antigo rubor,
migrarão a seus ninhos.
E deixarão a terra
sem forma e vazia
como no princípio,
quando o Espírito semeava
sozinho
as rosas do tempo.

[poema de Wender Montenegro
com imagem de Leonora Carrington]

O GRITO

Image

Meu peito não tem
propensão para alarmes
e não faz alarde
de dores sem cor,
no entanto, se assoma
a pretensão do furto,
se lhe atam os olhos,
se lhe roubam o fruto
mãos sujas de medo,
a propulsão do grito
beira ao infinito…

 

[imagem de Steven Kenny]